-- particles

O que são links patrocinados e como eles podem auxiliar no seu negócio?

Desde que a internet se popularizou como um meio de acesso à informação, a maioria dos consumidores, antes de fazer uma compra, faz primeiro uma busca em sites e portais. Essa busca pode contemplar informações sobre o produto em portais e blogs, comparações de preço, reviews e, claro, o próprio site da empresa que fornece o produto. Existem duas formas através das quais uma empresa pode aparecer para o cliente nessa busca: o formato orgânico e o pago. Neste post vamos falar sobre a segunda opção, a mídia paga, também conhecida como links patrocinados. Vamos lá?

O que são links patrocinados?

Os links patrocinados são um tipo de publicidade digital utilizada para empresas que querem oferecer ao usuário um link para seus sites. Normalmente essa estratégia envolve algum tipo de ação que a empresa quer que o usuário faça, como uma compra, o preenchimento de um formulário, ou até mesmo o consumo de um tipo de conteúdo. A ação vai variar de acordo com o objetivo definido para a campanha.

Quais são os tipos de links patrocinados?

Falando sobre objetivos e campanhas, existem dois tipos de anúncios de links patrocinados disponíveis, os sociais e os de busca. No primeiro caso, estão inclusos todos os tipos de mídia que podem ser comprados nas redes sociais, com maior foco para o Facebook Ads, presente na rede social de Mark Zuckerberg. No segundo caso, os anúncios aparecem nas páginas de resultados dos buscadores, principalmente o Google, mas também no Bing e Yahoo por exemplo.

Por que investir em links patrocinados?

O principal motivo para investir nos links patrocinados, de ambos os tipos, é a possibilidade de segmentação de audiência, que acaba proporcionando um custo menor por aquisição e um retorno muito maior para o anunciante.

Para entender esses motivos vamos pensar na mídia de TV. Quando um anunciante compra um anúncio no intervalo da novela, por exemplo, ele está interrompendo a programação para empurrar seu produto para o espectador, e com uma mensagem segmentada de acordo com o conteúdo exibido pela emissora e o público que possivelmente está assistindo. Exemplo: se o programa é um jogo de futebol, provavelmente os anúncios serão para o público masculino, e assim por diante.

A diferença dos links patrocinados — e o que justifica o investimento — é que na internet você não interrompe, mas, sim, exibe a publicidade no momento em que o usuário está buscando o seu produto. Ou seja, na hora em que o cliente quer comprar, e não na hora em que a empresa quer vender. Dessa forma, a chance de conversão fica muito maior, assim como a probabilidade de aumentar o resultado e o retorno daquela mídia.

Isso pode ser comprovado por meio de casos de sucesso. Um evento que reuniu responsáveis pelo marketing digital de três grandes marcas — Sony, Abril e Rossi — mostrou que o retorno do investimento em links patrocinados faz valer a pena esse tipo de mídia. Segundo eles, o retorno é muito melhor do que outras opções, e especialmente no caso dos buscadores, campanhas focadas em palavras-chave mais específicas obtém um resultado bem maior que outros casos.

Mostramos neste post ótimos motivos para sua empresa investir em links patrocinados nos buscadores. Não deixe também de acessar nosso post para entender o que é o SEO, e como essa metodologia pode ajudar sua empresa a se posicionar nos buscadores.

Mais conteúdos interessantes para você.